Tag Archives: divorcio

Oooopssss!!! Tô Gravida!

Quando era adolescente sempre pensei em casar e queria ter três meninos. Mas depois que entrei na faculdade me concentrei nos estudos e resolvi focar na minha carreira, queria muito ser alguem na vida. Namorei por oito anos antes casar, acho que oito anos é muito tempo, voce se acostuma com a pessoa, voce nao sente mais aquele frio na barriga, sei lá, comigo foi assim… Com tudo isso e mais 4 sobrinhos que para mim ja eram como meus filhos, perdi a vontade de ser mae. Estava me realizando na carreira e meus sobrinhos me realizavam como mae. Um ano e meio depois de casada me separei do meu marido. Ficamos 8 meses separados, eu estava certa que não queria mais ele, mas por ser católica, não queria deixar de comugar uma vez que me divorciasse, por isso levei tempo pra me decidir. Finalmente deixei os papéis do divórcio com ele pra ele assinar. Um dia indo pro trabalho, enquanto eu procurava uma musica no radio, acabei numa radio evangelica que falava sobre divorcio, q não era pra se divorciar e a noite quando fui no grupo de oração da minha igreja, uma mulher que só me conhecia de vista por frequentarmos a mesma igreja, me chamou na saída e disse q não me conhecia direito, mas sentiu a necessidade de me falar que o que Deus uniu o homem não separe. Fiquei chocada. Quando fui pegar os papeis do divorcio com meu marido, ele falou que ele tinha assinado, mas que não era o que ele queria. Por ele a gente tentaria mais uma vez. Depois de todos os sinais aceitei tentar mais uma vez. Ele me pediu um filho, e eu disse que ele tava louco, se eu não queria ter filho antes imagina depois de estar separada e numa tentative de volta. Ficamos 4 meses juntos e quando eu estava pensando que não dava mais, recebi a notícia de que estava gravida. Fiquei sabendo atraves de um exame que tive q fazer por causa de um probleminha nos rins, nem desconfiava que tava gravida. Entrei em desespero, nao parava de chorar. Contei pro meu marido que ficou muito feliz com a noticia. Apesar de ter curtido cada  minuto da minha gravidez,  eu chorei durante os primeiros 6 meses, mas sempre conversava com o nenem dizendo que eu chorava não por estar rejeitando ele, mas porque eu não queria que ele nascesse  numa família feliz. Felizmente Deus agiu em nossas vidas, meu marido virou um grande companheiro e pensei que meu filho só não nasceria numa família feliz se eu não quisesse.

Advertisements